A expressão “vida após a morte” pode ganhar um novo significado, mesmo para quem não tem religião ou não acredita em Deus. É a possibilidade que se abriu com o desenvolvimento da Bios Urn, uma urna que simbolicamente transfere as cinzas de uma pessoa para uma muda de árvore. A ideia foi lançada em 2013 e que, após testes e uma campanha no Kickstarter realizada entre março e abril deste ano, conseguiu recursos para sua produção comercial, com preço de venda em € 120.

Continue lendo no Outra Cidade: http://outracidade.com.br/empresa-lanca-urna-arvore-como-opcao-para-futuro-dos-cemiterios/