Este não é o sol. Mas por um breve período, em uma pequena cidade ártica do Canadá, no mais profundo inverno, as pessoas tiveram que se virar com ele.

Este sol artificial iluminou a cidade de Inuvik, proporcionando longos "dias" durante um inverno predominantemente escuro. Ele foi patrocinado pela Tropicana, que certamente encarou isso tudo com um bizarro ângulo marketeiro sobre suco de laranja e calor. MAS: o mais importante é que a tecnologia — simplesmente afixar luzes em um grande balão de hélio — trouxe luz para 3500 pessoas que estariam, de outro modo, largados à desconfortável escuridão durante praticamente 24 horas por dia. [Cream Global]