Você deve conhecer a marca Energizer como fabricante de pilhas, baterias e lanternas, certo? Pois saiba que eles também têm uma linha de smartphones. Como você pode imaginar, o carro-chefe desses produtos é a duração da bateria. Mas o novo Power Max P16K Pro, apresentado na MWC 2018, levou isso a um novo patamar, com seus 16.000 mAh. É mais de cinco vezes a bateria de um Samsung Galaxy S9, que tem 3.000 mAh.

Nokia 8 Sirocco é o Galaxy S com Android puro que a Samsung nunca irá lançar
• A Sony está de volta ao jogo com o Xperia XZ2 e XZ2 Compact

• Nokia vai reviver o telefone de Matrix, e desta vez ele vem na cor amarela

Ele é fabricado pela Avenir Telecom, empresa francesa que detém a licença da marca Energizer para smartphones. A promessa é de que a bateria desse monstrinho dure 5 dias inteiros de uso. Para quem usa pouco, são até 40 dias em modo de espera.

As outras especificações são bastante decentes. Processador MediaTek Helio P23, 6GB de RAM, 128GB de armazenamento interno (com suporte a cartão microSD), tela de 5,99 polegadas e proporção 18:9 com resolução Full HD e câmeras duplas na traseira e na frente.

O Power Max P16K Pro deve rodar Android 8.0 Oreo. Lamentavelmente, a Energizer/Avenir disponibilizou apenas um modelo “maquete”, que não liga, para os jornalistas presentes na MWC 2018. Assim, não deu para ver como o smartphone se comporta na prática.

Também não foram divulgadas informações sobre as tecnologias de carregamento adotadas (imagina carregar essa bateria gigante!) ou mesmo se dá para usar o aparelho como power bank para outros celulares.

Por outro lado, já dá para perceber que não tem milagre na hora de colocar tudo isso de bateria em um aparelho: ele acaba sendo grandalhão e pesado. O pessoal do GSM Arena, inclusive, comparou as dimensões do lançamento da Energizer com um iPhone X (veja a imagem acima).

Eles estimam que o peso deve estar em torno de 300g. A espessura, enquanto isso, chega a 15mm. Mesmo assim, dizem ser confortável segurar o aparelho, em grande parte pelo desenho ergonômico das bordas.

Até o momento, nenhum aparelho da marca chegou oficialmente ao Brasil. O Energizer deve estar disponível nas lojas do exterior em setembro, custando US$ 500 (cerca de R$ 1.650 em conversão direta). Uma boa opção para quem gosta de acampar, viajar, fazer trilhas e tem calças com bolsos enormes.

Imagens: GSM Arena

[GSM Arena via Tecnoblog, Mashable]