Os erros comuns que enfraquecem a sua senha “forte”

Se você é um usuário experiente, saiba que alguns truques que deveriam fortalecer suas senhas podem na verdade torná-las mais suscetíveis a invasões.

Se você é um usuário experiente, deve saber as melhores recomendações quando se trata de senhas: evite nomes de pessoas conhecidas ou animais de estimação; misture letras e números; altere sua senha regularmente; e assim vai. No entanto, alguns truques que usamos para fortalecer nossas senhas podem na verdade torná-las mais suscetíveis a invasões.

>>> Senhas fortes não são o bastante: como garantir que falhas de segurança nunca prejudiquem você

Jeff Fox, do site State of the Net, diz que uma senha longa não é necessariamente segura. Há padrões comuns que as pessoas usam e que acabam tornando as senhas mais óbvias – e mais fáceis de serem descobertas à força por um software hacker. Eis três exemplos:

Quando vaza um banco de dados com senhas criptografadas, hackers tentam descobri-las a qualquer custo – e esses padrões relativamente simples só ajudam o trabalho deles.

Há outros erros comuns ao se criar senhas, listados a seguir:

Por isso, evite começar uma senha com letra maiúscula; evite palavras e frases; e não repita os mesmos caracteres especiais (como &&), nem coloque números um ao lado do outro.

A forma mais simples de criar uma senha segura e fácil de lembrar é criar uma sigla com a primeira letra de uma frase: por exemplo, envdnimc (“eu não vou deixar ninguém invadir minha conta”). Coloque números e caracteres especiais para deixá-la mais forte – seguindo as dicas acima, pode ser &nvdn1mc@.

E não dependa de verificadores de senha para ver se ela é forte ou não: Fox diz que eles estão muitas vezes completamente errados. É mais um sinal de que as senhas de computador são um pesadelo – até o criador delas parece concordar. [AlterNet via TechBlock]

Imagem por Pedro Miguel Sousa/Shutterstock

Sair da versão mobile