O que acontece quando um bando de técnicos franceses malucos compram uma fábrica italiana de supercarros e bebem demais no almoço? Essa é a história do Citroën SM, um dos projetos mais ousados – e apaixonantes – da história.