Kirk Wright, um gestor de fundos de cobertura (hedge fund) na Flórida, enforcou-se após receber uma sentença de 710 anos por 47 processos de fraude e 185 milhões de dólares desviados dos seus clientes – que incluíam 78 jogadores da NFL. Esse é o Lamborghini berrante todo decorado de rosa que ele comprou para sua mulher.

Lembra-se de 2008? Parece que foi há muito tempo, não? Dois anos atrás os mercados financeiros implodiram após anos de negligência, e Kirk Wright tornou-se quase um pôster de tudo o que era errado. Ele começou subindo sem parar, investindo o dinheiro de seus amigos e até de sua mãe, mas as coisas saíram do seu controle. Wright lesou cerca de 500 investidores, inclusive 78 membros da NFL Players Association, farfou entre 115 e 185 milhões de dólares, oferecendo apenas impressões da Ameritrade como evidências de seus lucros espetaculares e recorrentes. Quando foi pego e processado, face à impressionante sentença de 710 anos, ele decidiu que enforcar-se em sua cela era a maneira mais fácil de sair dessa. E assim o fez em 24 de maio de 2008. Mórbido, mas é verdade.

De volta à 2007, esse carro é o tipo de coisa que o senhor Wright estava comprando para sua esposa com o dinheiro dos investidores feitos de trouxa (junto com um anel de noivado de 55 mil dólares). Trata-se de um Lamborghini Gallardo de 200 mil dólares, com um ofuscante logotipo de imitação de diamante, três polegadas maior que o original, interior em couro Alcantara cor de rosa e rodas Asanti customizadas.

Após sua prisão, o Lamborghini foi apreendido e eventualmente comprado da Polícia pela loja EuroMotorSport, em Fort Lauderdale. A importadora está atualmente no processo de revender o carro, com a intenção de doar uma parte de seus lucros para os investidores lesados. Queria ver um exemplo do que levou os EUA ao atual caos econômico? Coisas como isso aqui.

por Ben Wojdyla

(Obrigado pelas fotos, Alex!)
Crédito das fotos: Flickr do Alex. Mais fotos no Dupont Registry listing.