O mundo não acabou na última sexta-feira, assim como também não acabou em 2000 com computadores deletando contas bancárias e causando acidentes aéreos. Isso não significa que o mundo não vai acabar. Ele vai. E se continuarmos com os nossos sistemas operacionais atuais, a data exata será no dia 3 de dezembro de 292.277.026.596 às 15:30:08 no Tempo Universal Coordenado (UTC). Isso significa 12:30:08 no horário de Brasília.

Este é o momento em que “o tempo no Unix vai exceder o maior valor que pode ter em um sistema 64-bit”. O Unix está em quase todos os sistemas computacionais que são vitais para a vida humana na Terra, de bancos a serviços médicos, passando por grids elétricos, satélites e a internet. E seu iPhone e Android também.

Mas é claro que nada do que existe hoje vai chegar ao ano 292.277.026.596. Não porque você esqueceu de colocar o case estúpido no seu iPhone, e sim porque a Terra não estará mais por aqui. O Sol vai destruir o nosso planeta dentro de cerca de 7.900.000.000 anos. Isso vai acontecer quando nossa estrela vai atingir seu diâmetro máximo, destruindo Mercúrio, Vênus e provavelmente também a Terra.

No entando, não se preocupe com este fim do mundo. Teoricamente, nós já estaremos bem longe, de acordo com teorias futuristas do físico Michio Kaku. Ele diz que, entre 100 mil e 1 milhão de anos, a humanidade será uma civilização tipo 3 na escala Kardashev. Isso significa que seremos capazes de “viagens interestelares, comunicação interestelar, engenharia galática e influência em escala galática.” E entre 5 milhões e 50 milhões de anos os humanos vão colonizar toda a Via Láctea, mesmo sem nunca atingir velocidades superiores à da luz.

Nós seremos capazes de nos aproveitar de toda a energia da galáxia e nosso smartphone ainda funcionará graças ao Unix.

Então o ano 292.277.026.596 será real de certa forma. E tenho quase certeza que até lá nós vamos ter abandonado o Unix, mas nunca sabemos o que vai acontecer. Ele foi inventado há 43 anos e ainda é o melhor e mais sólido sistema operacional já criado. Bom o suficiente para sobreviver ao Universo inteiro, de acordo com a teoria da Grande Ruptura, que diz que tudo acabará quando o Universo atingir a escala infinita daqui a cerca de 20 bilhões de anos.

E, se o Observatório de Raios-X Chandra – que usa Unix! – estiver certo sobre a velocidade que os conjuntos de galáxias estão se movendo, o Universo vai acabar muito depois.

Não que você ou eu estaremos por aqui para ver isso. Então, tanto faz. Vamos voltar a ler artigos aleatórios da Wikipedia por puro tédio. [Timeline of the Far Future]