Isto aqui é incrível. Não só o efeito em espiral está fazendo minha cabeça girar, como me faz perceber como nossa percepção de cores é imperfeita, insana e maravilhosa ao mesmo tempo. Pode acreditar: o verde e o azul nesta espiral são a mesma cor.

Eu também não acreditei, mas medi o valor no Photoshop: vermelho 0 (zero), verde 255, azul 150 em ambos. Loucura. Como isso é possível?

O motivo pelo qual percebemos uma cor como várias outras é por causa das cores ao redor das listras. Cada olho tem de seis a sete milhões de cones, células do olho humano com a capacidade de reconhecer as cores. Os cones medem a cor em comprimentos de onda diferentes, sobrepondo alguns deles. Nosso cérebro então compara esses sinais, medindo diferenças nos comprimentos de onda de cada cor. Quando algumas cores são combinadas, o cérebro não consegue processar direito as informações dos cones, nem separar uma cor de outra – e ficamos apenas confusos. [Georgia State UniversityTechi]