Em um estudo apresentado ontem na União Geofísica dos Estados Unidos, Maher Dayeh do Southwest Research Institute de San Antonio revelou detalhados mapas acústicos que ele fez de um relâmpago — a imagem de um trovão, em outras palavras.

1239811971977979279

Para conseguir isso, Dayeh foi a uma instalação do militar na Flórida e lançou, durante uma tempestade, um rojão amarrado a uma fio de cobre em direção a uma nuvem. O rojão ativou um relâmpago, que percorreu o fio, permitindo que a equipe gravasse o som com 15 microfones instalados a um metro de distância. Com esses dados, eles criaram o mapa acústico que você pode ver na imagem acima.

Os experimentos permitiram a Dayeh mapear a acústica de um trovão com “detalhes surpreendentes” — e eles também descobriram que o ruído de um trovão depende do pico da corrente elétrica percorrendo o relâmpago. E além de tudo isso, esse pessoal ainda pode disparar rojões nas nuvens para produzir relâmpagos. Ciência. [2015 Joint Assembly, Nature]