Os ninjas acabam de perder o posto de maiores ameaças aos piratas. O novo jato de ataque “Ghost”, da Juliet Marine Systems, irá complicar muito a vida dos usuários de tapa-olho em alto mar.

O Ghost foi criado para se mover rapidamente mesmo em costas rasas, o que o torna ideal para missões de patrulhamento em locais complicados, como no Estreito de Hormuz. A Juliet Marine “estudou o problema de como contra-atacar os ataques em massa há anos” e criou o Ghost com a velocidade, o manejo e a letalidade necessária para combater a ameaça. Apesar de não fornecer dados como velocidade máxima ou alcance da nave, o Ghost terá motores de jatos e tecnologias supercavitantes. Ele também consegue se erguer da água para passar por pontos extremamente rasos.

O Ghost também não deixará de desejar na parte da artilharia pesada. A Juliet Marine anunciou recentemente que está em busca de uma empresa de integração de armas para preencher as áreas reservadas no Ghost — localizadas no umbigo da embarcação — com “algumas centenas de quilos” de poderio para acabar com piratas — tudo desde armas Gatlings até torpedos Mark 48. A área reservada também pode se converter em um tanque de combustível adicional para aumentar a longevidade do brinquedo.

A notícia ruim é que o Ghost ainda está em desenvolvimento. A boa notícia é que, quando completo, ele será vendido para usuários privados. Especificamente, a Juliet Marine está “discutindo com a indústria de barcos o uso dos barcos Ghost para fornecer segurança particular de seus barcos e usuários segurados”. [DViceDanger RoomPR NewswireJuliet Marine Systems]