A Sony publicou imagens desta pequenina câmera de ação que está desenvolvendo. Ela é adorável, mas, de verdade: como uma câmera tão pequena será capaz de produzir vídeos em alta definição de boa qualidade? Com componentes internos de primeira.

Na realidade nós já sabemos de dois importantes componentes que a Sony vem testando: a lente e o sensor. A primeira é um sensor de imagem CMOS Exmor R. A Sony desenvolveu essa tecnologia de sensor alguns anos atrás quando as fabricantes de câmeras estavam tentando enfiar a maior quantidade de megapixels possível em seus sensores. Isso é um problema porque após um dado ponto, os pixels ficam tão pequenos que eles encontram dificuldades em capturar a luz. O sensor CMOS R é retroiluminado, em vez de ter iluminação frontal. Mover a parte eletrônica da cãmera para traz do fotodiodos da câmera dá mais espaço para os megapixels respirarem. Além disso, as lentes estilo Carl Zeiss Tessar são famosas pela sua definição, e quando você está tentando focar imagens em um ângulo bem aberto através de um sensor minúsculo, cada bit de definição conta. [Sony via Engadget]