Conheça Eric Simmons: depois de trabalhar em um projeto no campus da AOL em Palo Alto, Califórnia, ele resolveu morar lá – tomar banho, dormir, comer e trabalhar em seu projeto. Mas por que esse garoto de 19 anos virou um sem-teto no Vale do Silício?

De acordo com a CNET, Eric era um aluno mediano no ensino médio, e pouco interessado em estudar. Mas, com a ajuda de uma professora, ele teve a ideia de uma startup, chamada ClassConnect: a ideia é facilitar o trabalho de professores, ajudando a encontrar e preparar bons planejamentos de aula. Boa! A startup recebeu US$20.000, e Eric ganhou a oportunidade de trabalhar em seu projeto na Imagine K12, incubadora que fica dentro do campus da AOL.

Só que os parceiros de Eric largaram a empresa para fazer faculdade, e o dinheiro acabou. Então, como toda pessoa de 19 anos, ele decidiu morar na sede da AOL. Mas ele não ficava lá à toa:

Ele trabalhava até meia-noite ou mais tarde, e então dormia em um dos sofás às 2h da manhã. Às 7h – e nunca depois da 8h, para ele sempre sair da cama antes de alguém chegar – ele acordava, descia para a academia para malhar e tomar banho, e aí voltava para o andar superior e tomava café da manhã, com cereal e água ou Coca-Cola. Então ele trabalhava o dia todo, finalmente esperando até que todos no edifício tivessem ido para casa a fim de voltar para dormir em um dos seus três sofás preferidos.

Alguns amigos de Eric sabiam que ele morava no campus da AOL (oferecer um teto ninguém quis), mas dentro da empresa ninguém notou. Eric foi expulso por um segurança às 6h, quando não havia ninguém por lá.

Depois de dois meses repetindo a rotina diariamente, o ClassConnect está no ar, e Eric conseguiu levantar US$50.000 de um investidor – e quer mais US$500.000. É uma história de sucesso, ou quase! Olha aí, AOL, se tudo der errado, você já tem um novo negócio a explorar: abrigo para sem-teto. [CNET]

Foto à esquerda por Araya Diaz/Getty