Cientistas capturaram o vídeo mais detalhado de um único neurônio em ação já feito. No timelapse abaixo, você pode ver até mesmo as proteínas se movendo em diferentes caminhos dentro das células. É assim que você se parece.

O estudo, publicado na Cell Reports, oferece uma explicação que, se você não entender, não se sinta mal, está perdoado: as imagens são obtidas usando um “novo sistema de pulso-caça, que permite a liberação síncrona de proteínas de exógenos transmembranas do retículo endoplásmico para os movimentos seguintes das vesículas de transporte pós-Golgi.” Os cientistas não ajudaram muito colocando aquelas linhas coloridas e flechas no vídeo.

Traduzindo: você está assistindo às entranhas de uma batedeira dentro de uma engrenagem do enorme e super complexo sistema nervoso que lhe faz sentir cada sensação existente.

Sim, eu sei. [Cell Reports via Wired]