Ohio deverá se tornar o primeiro estado dos Estados Unidos a permitir que empresas paguem impostos com bitcoin, em uma nova iniciativa que também deverá estar disponível para contribuintes individuais.

• Bitcoin cai 19% em sete dias e atinge menor valor em um ano

O Wall Street Journal noticiou neste domingo (25) que as empresas no estado poderão se registrar no site OhioCrypto.com para pagar impostos estaduais com bitcoin no começo desta semana. O programa, que foi introduzido pelo tesoureiro de Ohio, Josh Mandel, irá usar o serviço BitPay para processar os pagamentos.

Mandel esperá concretizar o estado como um líder na adoção da tecnologia blockchain, e a iniciativa, de fato, dá ao bitcoin uma legitimidade que antes faltava. Como apontou o Wall Street Journal:

Embora tenha tido seu sucesso como um ativo negociável, ela não ganhou aceitação ampla como uma forma de pagamento e tem sido perseguida por preocupações de que é usada pagar empreendimentos criminosos.

A decisão do estado de Ohio não daria ao bitcoin um status legal, mas seria como uma espécie de aprovação implícita que até agora faltou à criptomoeda. Escritórios de impostos aceitando bitcoin “ajudam a enviar uma mensagem de que o bitcoin é uma tecnologia que pode ser usada por qualquer um — por pessoas ruins, mas também pelo governo”, disse Jerry Brito, diretor da empresa de pesquisa Coin Center, de Washington, D.C.

Empresas atualmente podem pagar 23 impostos por meio do programa, incluindo imposto retido na fonte, imposto sobre vendas e impostos sobre produtos de tabaco, entre outros. Qualquer negócio que opere em Ohio — incluindo aqueles que não sejam sediados lá — poderão pagar impostos utilizando bitcoin, e o programa planeja um dia aceitar mais formas de criptomoeda.

Embora contribuintes individuais estejam atualmente inelegíveis para o programa, o Wall Street Journal noticia que “uma hora” eles poderão também usar o programa para pagar impostos. Quanto a se as empresas farão uso do programa, isso segue incerto.

Por mais que a iniciativa de Ohio seja ótima para a imagem do bitcoin, o lançamento do programa chega em um momento em que o preço da moeda caiu para menos de US$ 4 mil, e o Coin Desk informou no domingo que a criptomoeda enfrentou sua pior perda semanal em mais de cinco anos.

Em um aparente esforço da iniciativa de impostos de Ohio para assegurar as empresas sobre seu programa, a questão de volatilidade de criptomoedas é tratada em seu site.

“O BitPay define a taxa de câmbio para uma janela de tempo de 15 minutos para cada transação, uma vez que um contribuinte empresarial começa a fazer seu pagamento no OhioCrypto.com”, afirma o site. “O BitPay assume o risco de qualquer flutuação no mercado durante o tempo alocado.”

[Wall Street Journal]