Nesta semana uma galera vai se reunir no Steve Jobs Theater no campus da Apple em Cupertino para assistir Tim Cook e seus amigos anunciar… algo. Como estamos em setembro, pode-se dizer que esse algo incluirá iPhones. Mas que tipo de iPhones e outros aparelhos a Apple tem na manga?

• Vamos conhecer o próximo iPhone em 12 de setembro
• Criador do corretor automático do iPhone explica por que o software te faz passar vergonha

O evento será na quarta-feira, dia 12 de setembro, às 14h no horário de Brasília. Será possível assistir o evento ao vivo pelo site da Apple e, naturalmente, o Gizmodo estará de olho para comentar e noticiar todas as novidades.

Separamos neste texto o que você pode esperar desse evento.

Espere pelo menos 3 novos iPhones

É seguro dizer que a Apple anunciará três novos iPhones. Provavelmente eles irão mostrar um dispositivo com tela OLED de 5,8 polegadas que será parecido com o atual iPhone X. Provavelmente esse celular será chamado iPhone Xs.

É bem possível que façamos piadas sobre o preço (a expectativa é que ele seja vendido entre US$ 800 e US$ 900) e sobre esse nome, ainda que esse modelo provavelmente seja mais barato do que o iPhone X atual, que custa US$ 1.000.

Isso porque a faixa de preço dos US$ 1.000 deve ficar reservado para um irmão maior, um aparelho com tela OLED de 6,5 polegadas. Espere especificações e funcionalidades similares a do Xs, incluindo um novo processador A12, 4GB de RAM, carregamento sem fio e sensores de câmeras compatível com o Face ID. Esse dispositivo provavelmente terá uma bateria maior.

E ele realmente pode se chamar iPhone Xs Plus, embora o pessoal do BGR diga que ele irá se chamar iPhone Xs Max. O Business Insider diz que o modelo pode custar incríveis US$ 1.100.

Pulando para o lado mais acessível, a companhia ainda deve anunciar um terceiro celular, que também terá um entalhe na tela, uma câmera frontal com Face ID e processador A12. Esse aparelho deve ter tela LED de 6,1 polegadas, uma única câmera traseira e uma variedade de opções de cor (e a traseira não será de vidro). Apesar de ser maior do que o iPhone Xs, essa opção deve ser a mais barata entre os três smartphones, com expectativa de preços entre US$ 600 a US$ 700. Ao contrário dos outros aparelhos que comentamos, não houve vazamento sobre o nome desse modelo.

Podemos assumir que a Apple seguirá a tradição e começará as vendas dos celulares pouco depois do evento. Os aparelhos devem começar a pré-venda nos EUA na sexta-feira, dia 14 de setembro, e os envios devem começar no final do mês.

No Brasil, podemos colocar uma expectativa de chegada até o final do ano.

Para quem quer comprar um celular novo e tem algum interesse nesses novos iPhones (ou quer um iPhone antigo por um preço menor), vale a pena esperar pelo evento.

Pelo menos dois novos relógios

Muitos de nós chamamos o evento anual da Apple em setembro de “Dia do iPhone”, mas a companhia sempre anuncia outros produtos. Neste ano, os anúncios devem incluir dois novos Apple Watches – o Apple Watch Series 4.

O pessoal do 9to5Mac descobriu algumas imagens desses dispositivos, aparentemente em um vazamento da própria Apple, no mesmo dia em que as imagens do iPhone Xs surgiram.

As imagens confirmam os rumores de que os corpos dos dispositivos ficarão maiores – de 38mm para 40mm e de 42mm para 45mm. Esse pequeno crescimento do corpo será acompanhado de telas 15% maiores, o que é bem significativo. Parte da mágica está na eliminação das bordas, aumentando a área visível da face do relógio.

Pelo menos um novo iPad Pro

A Apple lançou um iPad mais barato em março, mas as melhorias no dispositivo eram praticamente todas internas. No dia 12 de setembro, a Apple deve anunciar um novo iPad Pro, que virá sem o TouchID e sem bordas. Você adivinhou: isso significa que o suporte ao Face ID provavelmente estará nesse novo tablet.

O novo iPad não deve ter uma tela OLED, nem um entalhe. Mas ele deve vir com um novo processador, GPU e um Smart Connector (que permite a conexão com teclados) na traseira do dispositivo, em vez de estar na lateral. Mark Gurman da Bloomberg diz também que o Face ID irá funcionar no modo horizontal.

Espere as datas de lançamento para o iOS 12 (e talvez para o macOS Mojave)

Junto com um novo iPhone sempre vem um novo sistema operacional. Você pode esperar dizer adeus ao beta e dar oi para o lançamento final do iOS 12, que deve desembarcar junto com os novos celulares.

Com novos modelos do Apple Watch, dá até para antecipar o anúncio da data de lançamento para o watchOS 5.

O macOS Mojave, que traz um novo modo escuro, melhorias no Finder e uma App Store atualizada deve chegar neste trimestre também. Com sorte, a Apple irá reservar algum tempo para falar da data de lançamento do macOS Mojave.

Talvez, mas só talvez mesmo, um AirPower

No ano passado, a Apple nos prometeu uma estação de carregamento sem fio com suporte a carregamento simultâneo de três dispositivos da marca. E ainda estamos esperando.

O carregamento por indução é comum e, aparentemente, a Apple teve problemas ao criar um dispositivo que pudesse carregar três produtos de uma vez só. Mas novos rumores afirmam que essas problemas foram resolvidos e o AirPower pode chegar neste 12 de setembro, junto com outros aparelhos que devem funcionar com a tecnologia.

Dá para se animar por novos AirPods, mas não muito

Desde o sucesso disparado da primeira geração dos AirPods, rumores sugerem que novos fones de ouvido, com maior fidelidade de áudio, estariam a caminho. Agora esses rumores sugerem que o lançamento não acontecerá dia 12, mas apenas em algum momento do ano que vem.

Tenha esperança, mas não crie expectativa por um novo MacBook ou MacBook Air

Alguns rumores persistentes afirmavam que a Apple lançaria um laptop mais acessível até o final do ano para substituir o já morto MacBook Air. São rumores animadores, mas é bem improvável que eles se confirmem neste evento.

A Intel, que fabrica as CPUs que a Apple usa em todos os seus laptops, acabou de anunciar uma atualização nos processadores de série utilizados no MacBook, então existe uma chance de a companhia ainda anunciar uma atualização este ano – mas isso não deve acontecer no mesmo dia em que irão anunciar novos celulares.

E as surpresas?

Sim, a Apple aparentemente está trabalhando em um HomePod menor e mais barato, além de headphones com a sua própria marca. Porém, esses produtos não devem ser lançados neste ano. O mesmo vale para o novo Mac Pro e o MacBook baseado em ARM.

E muito improvável que a Apple anuncie ou nos dê pistas sobre esses produtos neste momento. Mas a Apple também é a empresa que popularizou a frase “mais uma coisa…” (one more thing…) então pode ser, talvez, que tenhamos alguma surpresa.

Imagem do topo: Apple