A Amazon contratou Charlie Kindel, antigo executivo da Microsoft, e isso aumenta a especulação de que um smartphone da Amazon está a caminho.

Kindel deixou a Microsoft em 2011 após mais de 20 anos de empresa, e, na época, era gerente do Windows Phone e trabalhava perto de desenvolvedores como evangelista da plataforma. Em seu LinkedIn, ele diz estar trabalhando em “algo secreto” e que vai construir “uma nova equipe que vai atrás de uma área completamente nova para a Amazon”.

Então se um executivo com experiência em plataformas móveis é contratado para trabalhar em algo “completamente novo” de uma empresa que nunca criou um smartphone, mas rumores dizem que ela está criando um, não é difícil ligar uma coisa à outra.

O possível smartphone da Amazon deve seguir os passos do Kindle Fire e rodar uma versão modificada do Android. E, como lembrou o The Verge, Kindel já deu a sua opinião sobre a plataforma: ele acredita que o Google perdeu o controle do Android e dificilmente voltará a controlar. Ele pode ter agora uma excelente chance de provar que estava certo. [The Verge]