"Nós descobrimos uma cratera vertical na Lua", diz Junichi Haruyama da JAXA (Agência Japonesa de Exploração Aeroespacial). Um tubo misterioso tão largo e profundo que poderia abrigar uma futura base lunar. Até as criaturas lá dentro matarem todo mundo, o que geralmente acontece nesses casos.

Antes, eles não sabiam a origem da cratera. Agora eles têm uma teoria: de acordo com um estudo publicado no Geophysical Research Letters, a caverna vertical — com 65 metros de diâmetro e 80-88 metros de profundidade — pode ser um tubo de lava que colapsou, e que poderia servir como um abrigo perfeito para uma futura base lunar:

Tubos de lava, canais subterrâneos semelhantes a cavernas pelos quais fluía lava, são comumente encontrados na Terra. Como tubos de lava estão protegidos do ambiente rigoroso na superfície da Lua, estes tubos podem um dia ser usados por bases lunares.

A teoria deles é que o fluxo de lava deixou o túnel há muito tempo, com um teto de lava que depois colapsou.

Eu estou lendo este relatório e só duas coisas vêm à minha mente. Primeiro, a base lunar animal de 2001: Uma Odisseia no Espaço, de Stanley Kubrick. Segundo, um filme de terror e ficção científica bem trash, onde a base lunar é invadida por aliens gosmentos, irritados porque os humanos construíram a base em cima da entrada da colônia secreta deles. Tudo baseado em eventos reais, é claro. Ou talvez não. Não sei. Tanto faz. Me deixa. Eu tô bebado. [Space]