O Facebook baniu um grupo popular de negociação de ações devido a supostas violações de políticas, afirma o fundador da página, que argumenta que a verdadeira razão por trás da medida repentina é a sorte inesperada de seus membros com todo o drama do GameStonks esta semana.

O Robinhood Stock Traders tinha mais de 157.000 membros antes do Facebook remover o grupo na quarta-feira (27), disse seu fundador, Allen Tran, à Reuters (Nota: O grupo não é afiliado com o popular aplicativo de negociação de ações Robinhood que está atualmente enfrentando um processo de ação coletiva de acionistas revoltados.) Em uma notificação sobre a proibição analisada pela Reuters, o Facebook disse que o grupo violou suas políticas contra a “exploração sexual de adultos” sem entrar em maiores detalhes.

Tran afirma que nunca viu ninguém postar conteúdo adulto no grupo e argumentou que é apenas uma acusação forjada que o Facebook criou para separar os investidores de varejo (ou seja, aqueles que são uma pessoa física e não uma instituição) que estão lucrando com o recente frenesi de negociações alimentado pelo Reddit, segundo a agência de notícias. Em uma postagem no Facebook sobre a suspensão, ele disse que “as principais instituições estão tentando silenciar nossa comunidade” e o Robinhood Stock Traders foi o alvo “porque somos mais poderosos do que eles”.

Caso você tenha perdido a história, a popular comunidade de negociação de ações do Reddit, WallStreetBets, lançou um esforço coordenado esta semana para aumentar o valor das ações da GameStop e atrapalhar os investidores de hedge fund (ou “fundos de proteção”) que apostavam contra o varejista de jogos (que está enfrentando dificuldades). Os preços das ações da Gamestop dispararam de menos de US$ 20 por ação no início do mês para um máximo histórico de US$ 492 por ação na quinta-feira (28).

O preço oscilou descontroladamente à medida que os investidores de varejo começaram a se movimentar em massa, eventualmente voltando seus olhos para outras empresas com ações potencialmente lucrativas, como AMC e BlackBerry, e aplicativos de investimento em pânico se apressaram para agir contra eles. Toda a confusão resultou em toneladas de memes e perdas massivas para fundos de hedge como o Melvin Capital Management que apostou que essas empresas em dificuldades afundariam.

Alguns dos membros do grupo de Tran ganharam dezenas de milhares de dólares nessas negociações, disse ele, alegando que seu recente sucesso é provavelmente o motivo pelo qual os investidores institucionais agiram para separá-los.

“Fomos os primeiros alvos porque estamos no Facebook, e não em uma plataforma como o Reddit”, disse ele à Reuters. “Com todas essas grandes instituições frustradas com o sucesso dos investidores de varejo, elas estão tentando atingir todos os grupos que puderem.”

Desde então, Tran criou uma nova página para substituir a original que acumulou quase 10.000 membros na noite de quinta-feira. Mas ele está preocupado que o Facebook possa fechar esse grupo também. O antigo grupo já havia sido suspenso antes em 7 de janeiro, após ser rotulado como uma “organização perigosa”, de acordo com um comunicado analisado pela Reuters. O Facebook mais tarde voltou atrás depois que Tran apelou da decisão.

O Facebook não respondeu imediatamente ao pedido do Gizmodo para comentar o assunto. A empresa confirmou a proibição à Reuters, mas se recusou a fornecer detalhes adicionais sobre a suspensão.

[Reuters]