O Facebook tem muitos defeitos, e um deles é a busca: a rede social prometeu por anos que isso iria melhorar, o que não aconteceu. Agora, eles estão tentando de novo, selecionando resultados a partir de um índice com 2 trilhões de posts.

A busca turbinada do Facebook traz um resumo do assunto que você pesquisar (quando disponível), notícias relevantes, seguidos por posts de seus amigos e posts públicos de desconhecidos.

O TechCrunch explica:

Primeiro, o Facebook traz um resumo do tópico, quando possível. Em seguida, ele mostra menções a fontes confiáveis de notícias, como a CNN. Uma equipe especial do Facebook analisa engajamento, relatos de spam e outros para determinar uma pontuação de reputação de cada veículo da mídia e repórter, ajudando o motor de busca a classificar os posts.

Como o que seus amigos dizem é muitas vezes interessante, os posts de pessoas e grupos da sua rede são exibidos a seguir. Depois, há as contagens agregadas dos links mais populares relacionados ao tema… Finalmente, são mostrados os postos públicos de pessoas que você não conhece, mas classificados pela maior relevância para você.

A ideia é entrar na conversa sobre uma determinada tendência ou evento. “Com um toque, você pode encontrar posts públicos sobre um link, consultar citações populares e frases mencionadas nestes posts, e conferir um resumo agregado do sentimento”, explica Tom Stocky, vice-presidente de Pesquisa no Facebook, em um comunicado.

A busca será personalizada usando cada ação que você tomou na rede social, incluindo suas amizades e as páginas que você curtiu.

Facebook search

E como fica a privacidade? Afinal, agora tudo o que você já disse no passado e deixou público pode ressurgir.

Em primeiro lugar, posts que você restringiu a “Amigos” não aparecem para estranhos, só para os seus amigos. E, segundo o TechCrunch, o Facebook exibirá um aviso da primeira vez que alguém ver ou curtir um de seus posts públicos através da pesquisa.

Facebook search (1)

Você tem a opção de tornar todo o conteúdo antigo restrito a amigos: desta forma, não haverá mais posts públicos em seu perfil. Para isso, vá até Configurações > Privacidade e clique no link “Limitar publicações passadas”.

Facebook - limitar publicacoes passadas

Os receios sobre busca e privacidade surgiram pela primeira vez em 2013, quando o Facebook lançou a Busca Social. Ela ainda funciona: procure por “restaurantes que meus amigos curtiram” ou “fotos de meus amigos em Londres” em inglês, por exemplo.

Na época, a Busca Social prometia ser a novidade mais significativa do Facebook em anos. No entanto, ela se manteve restrita à interface em inglês, e não avançou muito desde então – só passou a funcionar em smartphones no final do ano passado, por exemplo.

O Facebook está tentando mais uma vez porque uma busca funcional pode trazer algum dinheiro – basta perguntar ao Google. Stocky diz ao TechCrunch que a busca não terá anúncios por enquanto, mas é algo que “virá quando fizer sentido”.

Por enquanto, a nova busca aparece apenas para quem usa a rede social em “English (US)” – é a maior base de usuários. Isso funciona inclusive no Brasil, se você for em Configurações > Idioma. Stocky diz que sua equipe está tentando aperfeiçoar o sistema para levá-lo a mais idiomas. A rede social recebe mais de 1,5 bilhão de buscas por dia.

A busca está disponível para usuários no iOS, Android e na versão desktop do Facebook.

[Facebook via TechCrunch]