O Facebook não está mais coletando dados de usuários do WhatsApp na Europa depois de ser pressionado por grupos de defesa da privacidade.

Regulador alemão ordena que Facebook pare de coletar dados do WhatsApp
Quais dados o WhatsApp poderá compartilhar com o Facebook daqui para a frente?

Como de costume, a Alemanha, país que leva a questão da privacidade bem a sério, liderou o bloco dos insatisfeitos com a coleta de dados anunciada em agosto. Os alemães organizaram a emissão de uma carta com a assinatura de 28 países diferentes da União Europeia pedindo o fim da prática, o que foi atendido pela rede social.

Ao Financial Times, o Facebook confirmou que de fato não está mais guardando os dados dos usuários em território europeu, mas não desistiu da briga. “Esperamos continuar nossas conversações detalhadas com o Information Commissioner’s Office (órgão responsável pela proteção de dados) do Reino Unido e outras agências de proteção de dados,” disse a empresa.

Outros países que devem investigar a coleta de dados do Facebook são França, Espanha e Itália, além do Reino Unido e da Alemanha. Alguns defensores de privacidade argumentam que o Facebook não explicou direitinho o que planeja fazer com as informações dos usuários, e que os usuários não consentiram para esse compartilhamento de informações.

Por mais que o WhatsApp ofereça a opção dos usuários desativarem o uso dos dados compartilhados com o Facebook para fins publicitários, isso não necessariamente interrompe a coleta e o compartilhamento desses dados. Na Europa, no entanto, até que a questão seja devidamente solucionada, nenhuma informação do WhatsApp vai para o Facebook. Bom para eles, eu acho.

[The Guardian, Financial Times via The Verge]

Foto do topo por Patrick Sison/AP