Se você usa um suplemento chamado Big Penis, é bom saber que ele contém um ingrediente inesperado (ou muito esperado?).

As cápsulas do Big Penis contêm sildenafil, também conhecido pelo nome da marca Viagra, de acordo com a FDA (Food and Drug Administration).

“A Food and Drug Administration [agência de saúde dos EUA análogo à Anvisa no Brasil] está aconselhando os consumidores a não comprar ou usar o Big Penis, um produto promovido para melhoria sexual”, escreveu a agência em um comunicado.

Big Penis (também conhecido como Big Penis USA) é um “estimulante sexual masculino”, de acordo com a embalagem. A FDA opera várias instalações internacionais de correio em todo os Estados Unidos, monitorando as embalagens recebidas de drogas ilegais, não aprovadas e falsificadas, e encontrou o Big Penis em uma das instalações. Um teste de laboratório confirmou ele que continha sildenafil, uma droga regulada pela FDA.

Mas o grande problema do Big Penis é que a caixa não informa que o produto contém o medicamento prescrito, e isso é uma violação dos regulamentos da FDA.

Tomar sildenafil acidentalmente, mesmo se você estivesse esperando por efeitos homônimos do Big Penis, pode ser perigoso. A droga pode interagir com outros medicamentos administrados por pessoas com pressão alta e diabetes, e pode reduzir a pressão arterial de forma perigosa. E há outros efeitos negativos causados pelo uso em excesso do sildenafil: a visão de um homem tornou-se permanentemente avermelhada após uma overdose de sildenafil.

O Big Penis é apenas uma das dezenas de pílulas de melhoria sexual comercializadas como suplementos dietéticos que a FDA descobriu conter ingredientes regulamentados. O fato é que existem muitos problemas com a indústria de suplementos e como ela é monitorada. Os suplementos geralmente contêm medicamentos prescritos ou produtos químicos não testados e até ilegais, como já relatamos. Uma lei de 1994 coloca o ônus sobre o FDA para provar que um suplemento não é seguro, como relatado pelo Atlantic , dificultando a suspensão de suplementos ilegais antes que eles cheguem às prateleiras.

Esta não é a primeira vez que as autoridades encontram o Big Penis. No ano passado, a Administração de Produtos Terapêuticos do governo australiano também descobriu que os comprimidos continham sildenafil, assim como um antibiótico chamado cloranfenicol, ambos medicamentos que requerem prescrições na Austrália. A TGA se uniu à Força Fronteiriça Australiana para impedir que a droga entre no país, de acordo com um comunicado.

A FDA mantém um banco de dados de suplementos “contaminados” para manter-se atento, muitos dos quais são suplementos de aumento de performance sexual ou perda de peso. E, de acordo com uma declaração do FDA transmitida ao Gizmodo, “os consumidores também devem estar em alerta para produtos que ofereçam resultados imediatos ou rápidos e que pareçam bons demais para serem verdadeiros”. Isso certamente é um bom conselho, em geral. Se você está pensando em usar um suplemento dietético, fale com seu médico primeiro.