O que você está vendo acima não é um cenário photoshopado com cara de Fantástica Fábrica de Chocolate — é o mundo real. Um campo de batalha. O fotógrafo Richard Mosse viajou para o Congo com um filme infravermelho para fazer detecção de camuflagem. Os resultados são incríveis.

O filme usado, um já descontinuado Aerochrome, da Kodak, era usado em aviões para análise de terreno, seja geológico ou militar — “a folhagem saudável ficará magenta ou vermelha, e objetos [camuflados] ficarão roxos ou azuis”, explica a Kodak. E aí você explode os objetos azuis. Mas as montanhas de algodão doce são na verdade um cenário de guerras intensas no país. E nenhum filme mudará isso. [Richard Mosse via PetaPixel]