O fórum Darkode, espaço virtual que ajudava a cometer crimes digitais, foi fechado esta semana por autoridades americanas e internacionais. A operação “Horizonte Encoberto”, classificada pelo Departamento de Justiça dos EUA como o maior esforço coordenado por agências policiais internacionais contra um fórum virtual, prendeu 70 pessoas em 20 países, incluindo o Brasil.

O fórum, criado em 2008, se tornou um lugar popular para compartilhar ferramentas e técnicas de invasão, além de abrigar grupos hackers conhecidos, como o Lizard Squad, responsável por ter derrubado as redes online do Playstation e Xbox durante o Natal do ano passado.

Segundo o Departamento de Justiça americano, apenas membros convidados faziam parte do fórum, e só eram aceitas pessoas que pudessem oferecer habilidades e programas que agregariam ao grupo como um todo.

“Dos cerca de 800 fóruns criminosos do mundo, o Darkode representava uma das ameaças mais graves à integridade dos dados em computadores dos EUA e do mundo”, disse David J. Hickton, um dos procuradores do caso, em um comunicado.

Um rapaz de 20 anos foi preso em Pittsburgh por ajudar a projetar o malware Dendroid, que dava ao hacker acesso remoto ao celular da vítima. Um homem de 26 anos foi preso em Coventry, na Inglaterra, mas solto após pagamento de fiança. Segundo o The Guardian, a Agência de Nacional de Crime da Inglaterra explica que, apesar da exclusividade dos membros do grupo e suas habilidades em tecnologia, ainda é possível identificá-los e acusá-los judicialmente.

Dos 70 presos, apenas 12 viviam nos Estados Unidos; o restante se encontrava por todo o mundo, em um total de 20 países que inclui Alemanha, Índia, Israel, Reino Unido, Romênia e Brasil.

De acordo com a Folha de S. Paulo, a Polícia Federal divulgou que hackers brasileiros foram investigados, mas não diz quantos, nem se algum deles foi preso. Ao jornal, a entidade afirma que estes membros possuíam “grande reputação entre os membros do fórum”, alçando altos níveis dentro do site. Os investigados responderão de acordo com suas participações por diversos crimes, como furto qualificado pela fraude e associação criminosa.

Mesmo este não sendo uma apreensão tão grande quanto foi a do Silk Road, ela traz implicações melhores — qualquer ação que torne mais difícil a atividade de criminosos virtuais é sempre boa. [Justice DepartmentThe GuardianThe Verge, Folha]

Imagem por Darkode.com