Se você tem algum interesse em edição de vídeo profissional no Mac OS X, saiba que o seu mundo mudou. Silenciosamente, a Apple lançou o Final Cut Pro X na Mac App Store. Ele custa US$ 300 e aparentemente pode mudar a sua vida (ou o seu trabalho) para melhor.

O Final Cut Pro X não é um upgrade do Final Cut Pro 7. É um produto novo, à venda apenas na Mac App Store, sem versão física. Ele também não faz mais parte de uma suíte de aplicativos como o Final Cut Studio – ele é vendido sozinho, por download, por US$ 300, ou acompanhado dos seus primos Motion 5 e Compressor 4, cada um deles custando US$ 50 adicionais.

Mas será que o novo Final Cut Pro X vale o investimento? As primeiras análises preliminares indicam um profundo sim. O novo software é o primeiro editor de vídeo completamente pensado para um sistema 64-bits, e isso fica aparente no modo como ele lida com os seus clipes antes que você sequer queira usá-los em um vídeo, aplicando e utilizando metadados automaticamente para facilitar o fluxo de trabalho. Isso sem contar a nova Magnetic Timeline, que ajusta seus clipes no lugar sem muito esforço e permite uma organização facilitada deles, entre outros recursos novos, sobre os quais provavelmente falaremos a respeito durante um possível review – e acredite, entre Clipes Compostos, Auditions, Auto-Análise de Conteúdo, Edição de Áudio e Classificação de Cores, há muito sobre o que falar.

http://www.youtube.com/watch?v=s8C8IwEc6zk

Agora que muita gente tomou gosto pela edição de vídeo simplificada com o iMovie no iPhone e no iPad 2, a Apple lança o seu grande produto do segmento. Resta saber quantos estarão interessados em fazer a transição do simples para o profissional. Você está? [Mac App Store, via MacMagazine, MacWorld]