A câmera térmica Flir One é bem divertida, mas quando você coloca uma tecnologia dessas em um drone, ela se torna mais útil. É por isso que a empresa agora quer chegar a fazendeiros, bombeiros e muito mais com sua nova câmera, a Flir Vue Pro, que foi projetada especificamente para suportes de GoPro em drones.

A ideia não é nova. Quem pode pagar por isso já insere câmeras de imagens térmicas em drones há anos, mas o preço – cerca de US$ 25.000 – o torna proibitivo até mesmo para corpos de bombeiros. A nova Flir Vue Pro, a ser lançada a partir de novembro, será consideravelmente mais barato, custando a partir de US$ 2.000.



É uma ótima notícia para determinadas atividades. Os departamentos de bombeiros podem usar câmeras voadoras de imagens térmicas para detectar focos de incêndios domésticos, enquanto agricultores podem usar o drone para ver se as plantações estão desidratadas. Este vídeo dá uma ideia do que esperar:

Imagens térmicas também são uma ferramenta valiosa para pessoas com painéis solares, porque elas conseguem detectar um mau funcionamento mais fácil. E, claro, imagens térmicas também podem ajudar no combate ao crime, na busca por fugitivos no escuro. E esse tipo de coisa sempre é boa para ganhar o apoio do público. Saiba mais: [Flir via MarketWatch]

Imagem via Flir