Devido à escassez mundial de chips — que já se estende desde 2021– , a Ford venderá algumas de suas SUVs Explore sem controles climáticos.

A princípio, serão vendidos veículos sem os chips que alimentam o ar condicionado traseiro e os controles de aquecimento. Segundo a empresa, a mudança é um esforço por parte da montadora para levar esses carros aos clientes o mais rápido possível.

A empresa também ressaltou que as SUVs virão com controles climáticos funcionais nos bancos dianteiros. O valor pago, também, será mais em conta. “Os clientes que comprarem um carro sem os controles traseiros terão desconto no preço”. Disse um porta-voz da montadora.

A Ford ainda disse que o plano é enviar os chips que faltam para os revendedores dentro de um ano, e que os proprietários que comprarem os modelos “recondicionados” precisarão trazer seus carros para instalação das partes faltantes.

Como muitas outras empresas do setor automobilístico, a Ford enfrenta as limitações impostas pela falta de chips. Após a escassez de semicondutores a montadora foi forçada a reduzir produção de diversos veículos famosos, por exemplo, o F-150, no ano passado.