Fortnite finalmente está voltando ao iPhone — mas não por meio da App Store, a loja de aplicativos da empresa. O game será lançado no NVIDIA GeForce NOW, serviço de streaming de jogos, e poderá ser jogado via navegador Safari.

Em comunicado, a Nvidia destacou a possibilidade de jogar Fortnite tanto no aplicativo dedicado do GeForce Now para Android quanto na versão para navegadores web no iOS. A versão em streaming do game é provavelmente idêntica às edições de outras plataformas, com o diferencial de rodar de maneira remota nas máquinas da Nvidia.

Por enquanto, o battle toyale da Epic Games ficará disponível em beta fechado para testar a capacidade dos servidores, gráficos e controles. Portanto, somente alguns usuários selecionados serão capazes de acessar o game. Segundo a Nvidia, todas as regiões do mundo estão elegíveis para entrar nos testes.

De acordo com a Nvidia, as inscrições começam hoje, com “membros selecionados” definidos para obter acesso no final de janeiro. A empresa diz que a versão beta do “Fortnite” será um processo de “tempo limitado”, mas que não há um cronograma exato de quanto tempo vai durar.

Qualquer pessoa interessada em experimentar pode se inscrever no site da Nvidia, com clientes GeForce Now gratuitos e pagos tendo uma “chance igual na versão beta fechada”. Mas, ao que parece, não é possível inscrever-se para testes no Brasil. 

Segundo apontou o site The Verge, a Nvidia é o único serviço de streaming de jogos com o qual a Epic Games está fazendo uma parceria para “Fortnite”, é o motivo seria a preocupação de que o xCloud competiria com as ofertas de PCs da Epic. 

O game contará com controles de toque na própria tela. Fortnite será o primeiro jogo do GeForce NOW a trazer a novidade. A empresa afirma que está trabalhando com outras desenvolvedoras para oferecer o recurso em outros games também. 

O GeForce Now está existe no Brasil desde outubro de 2021. Com planos que vão de R$ 44,99 (assinatura mensal) a R$ 243 (trimestral), o serviço de streaming permite rodar jogos em servidores da Nvidia, enquanto as imagens são transmitidas via internet para celulares e PCs. A plataforma também tem um plano gratuito que dá acesso limitado a certos títulos.

Epic Games vs Apple

Para quem não se lembra, o Fortnite não é jogável em dispositivos iOS desde agosto de 2020, quando foi banido da App Store por tentar contornar a comissão de 30% da Apple em compras no aplicativo. Então, a desenvolvedora de Fortnite, Epic Games, processou a Apple, alegando que a empresa de tecnologia é um monopólio que viola as leis antitruste. 

Em setembro, o tribunal da Califórnia decidiu que a Apple não pode proibir os desenvolvedores de adicionar links para pagamentos alternativos fora da App Store. Mas a Apple finalmente teve a vantagem na decisão: o tribunal disse que a gigante da tecnologia não estava agindo como um monopólio como a Epic afirmou.

A disputa terminou em setembro de 2021, com uma decisão que obrigou a Apple a aceitar outras formas de pagamento em aplicativos; no entanto, ela não foi obrigada a permitir o retorno de Fortnite em sua loja.