[Frankenreview] Google Glass: as vantagens, os problemas e a questão da privacidade

Pouco a pouco, o Google Glass vai se tornando realidade. Depois das especificações técnicas, incluindo CPU e RAM, dos primeiros vídeos feitos por meio dele e do tutorial de como funciona a interface touch, começam a aparecer os primeiros reviews profissionais sobre o óculos inteligente do Google. Engadget, The Verge, ABC News e Folha de S.Paulo […]

Pouco a pouco, o Google Glass vai se tornando realidade. Depois das especificações técnicas, incluindo CPU e RAM, dos primeiros vídeos feitos por meio dele e do tutorial de como funciona a interface touch, começam a aparecer os primeiros reviews profissionais sobre o óculos inteligente do Google. Engadget, The Verge, ABC News e Folha de S.Paulo botaram as mãos no brinquedo e contam para nós o que ele tem de legal (ou de não tão legal assim). Eis os principais pontos.

Design

As opiniões sobre o desenho do Google Glass são as mais diversas. Vão de “muito bonito” a “cafona”:

Usando o Glass

Ok, já vimos que você pode amar ou odiar a aparência do Google Glass. Mas como ele funciona, de fato? Aliás, ele funciona bem?

Hardware

Agora vamos às partes do hardware que devem despertar mais a curiosidade, como a câmera e a tela:

Privacidade e etiqueta

O Glass é um gadget completamente novo. Pela primeira vez, você vai estar olhando para alguém, apontando uma câmera para ela e vendo suas notificações, tudo ao mesmo tempo. E isso pode ser bem esquisito.

Conclusões

Então, o Glass é realmente bom? As respostas divergem, mas todos reconhecem o potencial do gadget.


Confira os reviews nos links a seguir: [Engadget, The Verge, ABC NewsFolha de S.Paulo]

Sair da versão mobile