A conta pessoal de Donald Trump no Twitter, @realDonaldTrump, foi momentaneamente suspensa durante a noite desta quinta-feira (2). A conta ficou offline por alguns minutos antes de reaparecer e, durante esse tempo, qualquer pessoa que tentasse acessar o link visualizava a mensagem “Esta página não existe”.

• Tudo o que sabemos sobre a interferência russa nos anúncios do Facebook, Twitter e Google
• Quem realmente é o dono do conteúdo que você publica na internet

Apesar de ativistas pressionarem o Twitter há meses para que suspendam a conta argumentando que os tweets do presidente dos Estados Unidos violam os termos de serviços do site, o motivo pelo qual a página saiu do ar é, no mínimo, engraçado.

O próprio serviço esclareceu que a conta foi “suspensa inadvertidamente devido a um erro humano de um funcionário do Twitter” e que já estão realizando os procedimentos para que isso não aconteça de novo.

Hoje mais cedo a conta de @realdonaldtrump foi desativada inadvertidamente devido a um erro humano de um funcionário do Twitter. A conta ficou fora do ar por 11 minutos, e já foi restaurada. Continuamos a investigar e tomar os passos para prevenir que aconteça novamente.

Pouco depois, a plataforma anunciou que o Twitter de Trump foi desativado por um funcionário de suporte aos usuários em seu último dia de trabalho na empresa. Não está claro, no entanto, o porquê de um funcionário de suporte possuir o poder de desativar a conta do presidente, mas o site diz conduzir uma análise completa do caso.

Por meio de nossa investigação soubemos que isso foi feito por um funcionário de suporte aos usuários do Twitter que fez isso em seu último dia de trabalho. Estamos realizando uma análise interna completa.