A Samsung anunciou que o Galaxy Fold vai começar a ser vendido nos Estados Unidos nesta sexta-feira (27). É a vez dos consumidores americanos poderem comprar o aparelho, já que na Coreia do Sul o dispositivo começou a ser vendido no início do mês. Originalmente, era para o smartphone ser vendido em abril, mas foi atrasada a estreia em função de preocupações com a durabilidade do smartphone.

Nos EUA, o Galaxy Fold tem preço sugerido de US$ 1.980 e ele será vendido em operadoras e desbloqueado em varejistas. No entanto, diferente do Reino Unido e da Coreia do Sul, que contam com opções do Fold com conexão 4G ou 5G, no mercado americano só terá a versão 4G.

As duas grandes atualizações que a Samsung fez no Fold para seu relançamento foram mover a proteção de polímero que fica na parte superior da tela OLED flexível do telefone, embaixo dos painéis, para que ninguém o confundisse com um protetor de tela e tentasse removê-lo, e a adição de uma pastilha em forma de T projetada para impedir que detritos entrem na dobradiça.

Detalhe da dobradiça do Galaxy FoldCrédito: Adam Clark Estes/Gizmodo

Juntamente com o lançamento do Galaxy Fold, a Samsung também está lançando o Galaxy Fold Premier Service, que é uma nova experiência projetada para ajudar quem compra o telefone. Os proprietários do Fold poderão usar o serviço para conhecer e receber explicações do dispositivo, ou entrar em contato com a Samsung sobre possíveis problemas por meio de um bate-papo por vídeo, suporte pessoal ou número de telefone dedicado.

Infelizmente, como o pessoal do canal JerryRigEverything demonstrou recentemente, depois de derramar um pouco de areia e algumas pedras no telefone, que o Fold não aguentou o tranco. Como o Galaxy Fold não possui um grau de classificação oficial para resistência à água ou poeira, é possível que pequenas partículas parem dentro do telefone dobrável.

Pelo lado positivo, a dobradiça do Fold deve suportar muita pressão, porque, apesar de Zack do JerryRigEvertything ter pressionado diretamente a dobradiça, ele não foi capaz de danificar o telefone como fazia em alguns iPhones e iPads.

Sobre o principal rival do Galaxy Fold, o Huawei Mate X, ele deve ser lançado no fim do ano. Embora a Huawei não tenha anunciado uma data oficial para seu telefone dobrável, o CEO da divisão móvel da Huawei, Richard Yu, disse durante o lançamento do Mate 30 que o Mate X poderia ser disponibilizado no próximo mês.

De qualquer forma, embora o Galaxy Fold seja certamente um dispositivo ambicioso e impressionante para qualquer pessoa interessada em um telefone dobrável, mas preocupada com sua durabilidade ou longevidade, meu conselho seria aguardar a segunda ou terceira geração de dispositivos dobráveis.

O Galaxy Fold é um tipo totalmente novo de experiência com smartphones, mas, como em todos os dispositivos de primeira geração, ainda existem algumas dores de crescimento que a Samsung e outras pessoas devem conseguir resolver com mais detalhes nas versões subsequentes.