O triste destino dos seis edifícios que seriam os mais altos do mundo

17 de novembro de 2014 às 15:08

>>> Maior arranha-céu da América Latina vai parecer uma rampa de skate

Construir um arranha-céu é uma bomba nuclear de stress, problemas e caos cuidadosamente coordenado. Esse caos está intimamente ligado à economia, por isso pode ser facilmente afetado por guerras, política ou crises financeiras.

Recentemente, o Conselho de Edifícios Altos e Habitat Urbano analisou um subconjunto bem interessante de projetos fracassados: edifícios superaltos (com mais de 300 m) que até começaram a ser construídos, mas nunca foram terminados.

Na galeria acima, você encontrará alguns dos edifícios que teriam se tornado alguns dos mais altos do mundo. O infográfico completo do CTBUH está neste link.


Os comentários estão desativados.