Um motivo para o crescimento explosivo do Google+ é sua integração perfeita com os outros serviços do Google dos quais muitas pessoas já dependem. Mas este também pode ser o grande problema do Google+: se você se der mal no Google+, você se arrisca a perder todas as suas coisas no Google.

A história do menino Alex, de 10 anos, por exemplo. O garoto tinha uma conta no Gmail desde setembro de 2009. Mas quando ele entrou no Google+ semana passada e colocou a idade dele, ele foi expulso não só do Google+ como também do Gmail, por violar os termos de serviço do Google – que exigem que todo usuário tenha pelo menos 13 anos de idade. Todos os e-mails do garoto para a avó foram deletados, e o pai dele escreveu um post no blog dele acusando o Google de fazer o filho chorar. Agora a memória do primeiro CCO do Alex está perdida para sempre…

E navegando pelos fóruns de ajuda do Google, parece haver uma espécie de crise pré-adolescente, depois que crianças foram bloqueadas de usar o Gmail por revelarem que têm menos de 13 anos no Google Plus – e apesar de argumentos bastante interessantes dos próprios menores explicando porque eles deveriam ser autorizados a usar tais serviços. (E eles podem ter razão!)

Talvez você queira que as crianças brinquem lá fora e aproveitem uma vida livre de e-mails enquanto podem. Mas mesmo adultos estão compartilhando histórias de problemas com os serviços do Google por causa do Google+. Um rapaz no Reddit reclamou esta semana que todos os e-mails, extratos bancários e documentos pessoais dele, todos armazenados no Gmail, sumiram por causa do Google, “sem explicação”. A conta dele ressurgiu, e descobrimos que o Google provavelmente o desativou por rodar um script por acidente, que removeu diversas contas do Google+ que violam os termos de serviço do Google.

É bem provável que estas pessoas violaram os termos de serviço do Google, e a empresa já deixou transgressores do Google+ manterem suas contas do Gmail. Mas isto levanta a pergunta: você realmente quer que anos de e-mails e documentos dependam do seu comportamento no playground social do Google? Usando os serviços do Google, nós concordamos em respeitar seus termos de serviço. (Você decorou os termos de serviço do Google, certo?) Mas o Google+ não é um serviço como os outros: ele é uma rede social. Redes sociais são bagunçadas e subjetivas de uma forma que e-mail e planilhas não são, e seus termos de serviço cobrem uma gama muito maior de comportamentos.

Se o Google moderar o conteúdo dos usuários do Google+ com algo próximo à mão pesada do Facebook, você e seu e-mail seriam deletados sem aviso por um número enorme de descuidos, desde os obviamente ruins aos nobres: enviar spam, postar uma pintura do século XIX de uma vagina, ser William Shatner, ou tentar organizar uma revolução no Egito.

Espero que o Google estabeleça regras claras sobre quais tipos de violação vão tirar seu acesso ao e-mail, em vez de uma simples expulsão do Google+. Enquanto isso, melhor se restringir a postar vídeos de gatinhos e elogios aos serviços do Google, e usando seu nome e fotos reais. (Postar uma cópia do RG provando sua idade seria uma boa?) Tudo que você já deu ao Google pode depender disso.