Vito LaPinta, um menino de 13 anos de Tacoma, Washington (EUA) foi interrogado por um agente do Serviço Secreto, depois de postar uma observação no Facebook de que o presidente americano Barack Obama deveria (palavras dele) “tomar cuidado porque poderia haver terroristas suicidas” querendo se vingar pela morte de Osama bin Laden.

Uma semana depois de escrever isto, Vito foi chamado para fora da sala de aula e foi levado à sala do diretor. Ele conta à Fox:

“Um homem entrou com terno e óculos e disse que fazia parte do Serviço Secreto. Ele me disse que era por causa de uma mensagem que eu fiz, indicando que eu era uma ameaça para o Presidente. Eu fiquei assustado.”

Depois de meia hora de interrogatório, Vito foi desconsiderado como ameaça ao país, e foi liberado. A mãe dele ficou irritada, porque tudo isso aconteceu na ausência dela. Mas eu fiquei até impressionado? Parece que, quando Mark Zuckerberg jantou com Obama, eles devem ter combinado uma troca forte de informações. E está valendo a pena! Não? [KCPQ via Daily Mail]