As generosas exigências de um ex-executivo

Ausaf Umar Siddiqui era um executivo da Fry’s que tentou desviar dinheiro após perder 120 milhões de dólares em Las Vegas ao longo de três anos. Pobre homem, o Mercury News acaba de receber sete páginas das suas exigências em um hotel padrão de Las Vegas:

Água de Fiji, agrupadas em trios de garrafas. Uvas-passas douradas e frutos secos mistos aquecidos. Colônia Aramis e escova de cabelo de texugo. Toalhas sem fiapos. Champanhe Dom Perignon Rose e saquê Kurosawa no frigobar. E nunca, sob nenhuma condição, abordá-lo por trás.

Siddiqui também enfatizou bastante o seu corpo. Funcionários do hotel receberam uma longa lista de compras de lojas como Saks Fifth Avenue, Nordstrom, Macy’s e, sim, Target e Wal-Mart, caso fosse necessário, para comprar um barbeador de corpo Philips Norelco com um espelho de fazer barba antiembaçante, uma escova de dentes Sonicare Elite Série 7500, limpador facial Clinique para homens, curativos para nós dos dedos, manteiga de cacau original ChapStick, gel dentário Crest sabor menta com proteção contra tártaro e camisinhas Trojan Magnum….e “pornografia” precisava estar disponível no quarto.

Você sabe, lógico, que as Magnums foram só pra fazer rolar um burburinho mesmo. [Mercury News via bbGadgets]

 

Sair da versão mobile