Uau! Isso é o que eu tenho a dizer depois de ouvir George Lucas falando ao World Business Forum hoje. O lendário cineasta falou sobre inovações e sobre os seus filmes sendo feitos para celulares.

Na discussão sobre "O Futuro do Cinema", George Lucas respondeu perguntas sobre os seus feitos, mas também sobre o seu impulso de inovar a tecnologia do cinema (Lucas, pra quem não sabem, fundou algumas empresas de filmes). "Eu tive que inventar o que não tinha disponível", disse ele. Estas tecnologias incluem as panorâmicas de vôo das naves do Star Wars. "Eu queria filmar isso, então tivemos que inventar uma maneira de fazer. Eu estava lá no Vale do Silício ajudando a desenvolver essas coisas".

Foi então que apareceu a pergunta sobre o que Lucas acha sobre a tecnologia atual estar cada vez "mais barata, mais rápida e melhor". O diretor fala um pouco sobre as diferenças sobre pensar um filme para TV ou cinema e DVD, o que leva à pergunta sobre se ele faria filmes para serem assistidos em um celular. Lucas responde, sem titubear, que sim. Que ele faz filmes para serem assistidos, não importa onde. Uma resposta que difere em muito da opinião de David Lynch. Há que se lembrar que George Lucas também tem sido um defensor da ideia de filmes chegando na TV e nos cinemas ao mesmo tempo.

E sabe qual empresa cujo trabalho o cara admira atualmente? Perguntaram isso, e a resposta foi Apple. "Steve Jobs é um cara incrível", disse ele. "Quem diria, 20 anos atrás, que hoje em dia ele estaria fazendo telefones celulares, e se dando muito bem com isso?". Só o Yoda, talvez. [World Business Forum]