Apesar de não serem tão populares assim, as lâmpadas inteligentes figuram entre as invenções mais práticas e integradas nos dias atuais. Em termos de conveniência, programar suas luzes é uma das maiores vantagens, especialmente se você tem uma rotina definida. O Google Assistente tem uma opção para controlar as luzes, mas ela era bastante limitada. Pois é, era.

De acordo com o Android Police e fóruns do Reddit, agora você pode pedir ao Google Assistente para programar suas luzes acesas e apagadas, com base em horário e duração específicos. Você pode pedir ao serviço para desligar as luzes às 23h ou ligá-las daqui dez minutos. Também é possível configurar o nascer e o pôr do sol como gatilhos para que o Assistente ative ou desligue as lâmpadas automaticamente.

A novidade vem por meio do recurso Ações Programadas, que o Google adicionou sem alarde no final do mês passado. Um motivo pelo qual ele pode ter passado despercebido é que parece que ainda existem alguns engasgos. Por exemplo, se um usuário solicitar uma data geral, como “amanhã” ou “próxima semana” sem especificar o horário exato, o Assistente mostrará um erro e não conseguirá definir a configuração.

Alguns usuários também apontam que ainda não se pode cancelar essas ações, embora o Google diga o contrário. Além disso, o Android Police descobriu que, por enquanto, você só pode definir uma programação para no máximo o dia seguinte, e não daqui até sete dias, como o Google afirmou.

Não é que essas opções de programação sejam completamente novas para as luzes inteligentes. Eles já existem há muito tempo. Com a Alexa, você precisa usar um aplicativo para definir previamente essas rotinas. Em contrapartida, o Google Assistente parece tornar esses comandos de voz mais naturais, bem como sua programação.

Eu tentei algumas das opções de agendamento com base no tempo e fiquei surpresa com o quão bem elas funcionaram. O que mais me impressionou foi a capacidade de ligar/desligar as luzes por um determinado período de tempo.

Programar casas inteligentes ainda não é algo totalmente intuitivo, então qualquer coisa que facilite nossa interação com esses dispositivos já é uma coisa boa.