“Ainda em busca daquele presente perfeito? Por que não presentear com uma canção?”, é o que sugere o Google em sua publicação sobre o novo recurso Blob Opera. O experimento de aprendizado de máquina do artista David Li foi inspirado no Opera do Google Arts & Culture.

Ao acessar a ferramenta, disponível neste link, é possível ver quatro “blobs” que emitem diferentes sons. Ao clicar em cada um deles e arrastar o mouse, é possível controlar o tom e as vogais para criar suas próprias composições. Ainda é possível gravar as suas criações para compartilhá-las com amigos e familiares. Caso você não tenha um dom artístico para música, basta aproveitar a playlist disponível no canto inferior esquerdo do site que traz clássicos como “Jingle Bells” na versão dos blobs.

Segundo o Google, o modelo de machine learning foi treinado com as vozes de quatro cantores de ópera com base em muitas horas de canto: o tenor Christian Joel, o baixo Frederick Tong, a mezzo-soprano Joanna Gamble e a soprano Olivia Doutney. Na ferramenta, os sons emitidos pelos blobs não são exatamente a voz dos artistas, mas a interpretação de canções de ópera com base no que o modelo de machine learning aprendeu com os cantores.

Outra novidade trazida para a época de festas pelo Google Arts & Culture são os livros de colorir com temas de datas festivas. Ao pesquisar no próprio site de buscas do Google por termos como “Hanukkah”, “Natal” e “Kwanzaa” (celebração afro-americana conhecida como festival da colheita), será exibido um link na lateral direita para o livro interativo.

Crédito: Google

Para quem ficou decepcionado por não poder viajar neste fim de ano devido à pandemia de COVID-19, o Google também está lançando o “The Never Ending Holiday”. O recurso traz vídeos curtos, gerados com base em dados do Google Maps e do Street View, de locais na França, Itália e Espanha.