O Google anunciou seu novo sistema operacional super-eficiente para a internet das coisas: o Brillo. Desenvolvido com engenheiros da Nest, o novo OS baseado no Android foi projetado para ser simples, e assim seus objetos conectados conseguem se comunicar entre si. O padrão comum que faz tudo isso ser possível é chamado Weave.

weave

O Weave, em resumo, é uma linguagem que todos os dispositivos com o Brillo entenderão. É com isso que uma fechadura entenderá o que significa a palavra “trancar” – e também a “destrancar”. Assim, o Google espera que nenhum dispositivo precise reinventar a roda para funcionar direito, basta usar os conceitos do Weave.

O Brillo deve ajudar a criar uma rede para todos os seus dispositivos conectados. Isso significa que fechaduras inteligentes, lâmpadas conectadas, termostato e qualquer outra coisa na sua internet das coisas conseguirá conversar com outros objetos da sua casa. Os conceitos básicos do Brillo são: baseado no Android, simples, com suporte a uma grande quantidade de dispositivos, e seguro:

Não é a primeira vez que ouvimos falar no Brillo. Na verdade, ele é bem o que esperávamos que fosse. E é mais uma evidência de que o Google quer controlar também a internet das coisas.

Google Brillo

O sistema deve ser lançado até o fim de 2015. Ele será compatível com todos os dispositivos que rodam Android. Por enquanto, nenhum dispositivo que rode a plataforma foi anunciado.

Atualizado às 15h14