O escritório de Paris do Google amanheceu nesta terça-feira (24) com uma operação policial. A empresa está sendo investigada no país por supostamente fraudar impostos.

De acordo com o Le Parisien, cerca 100 funcionários fiscais — o que inclui especialistas em TI, policiais e magistrados — entraram no escritório da companhia para coletar informações. Tanto o Google quanto a polícia local confirmaram oficialmente a operação. A empresa é acusada de não ter pago US$ 1,8 bilhão em impostos.

“Nós cumprimos as leis francesas e estamos cooperando plenamente com as autoridades para responder as eventuais questões”, disse o Google em comunicado à BBC.

Recentemente, várias empresas de tecnologia têm sido alvos de operações relacionadas a não pagamento de impostos na Europa. Muitas delas são acusadas de usarem manobras para reduzir a carga fiscal.

Em um processo parecido no Reino Unido, o Google fechou um acordo com o governo local e pagou 130 milhões de libras adicionais, relacionados ao ano de 2005, pois a operação do país usava a estrutura fiscal da Irlanda — país em que tradicionalmente há menos impostos. A Itália é outro país que acusa o Google de não pagar as taxas devidamente.

[BBC, Wired e Reuters]

Imagem do topo via AP