Os apps do Google Maps não mudaram, mas a versão para navegadores desktop passou por uma grande reformulação do zero.

Sim, foi-se a barra lateral de navegação, deixando o mapa na tela inteira. Isto é, basicamente, o maior redesign do Maps desde seu lançamento há quase oito anos.

Rapidez e comodidade são priorizados aqui. Todos os resultados são rotulados diretamente no mapa; dessa forma, você pode procurar informações sem muito esforço. Você até pode usar filtros para escolher o que quer ver no mapa, como localização, pontos de interesse, e sugestões de amigos – ou seja, você pode finalmente livrar-se de todo o ruído.

google-io-maps 6

E quando você encontrar o que procura, basta clicar no mapa e surgem informações relacionadas – rotas mais comuns, endereço, resenhas, recomendações baseadas em popularidade e nos seus amigos etc. – deixando o mapa vetorial em uma área menor.

google-io-maps 4

O novo Maps dá mais espaço para o Street View e o Google Earth – que agora não requer mais plugin.

O Google agora quer oferecer um mapa “feito para você”: levando em conta os seus amigos, preferências e lugares favoritos, o Google usa sua base de dados para lhe dar uma experiência totalmente personalizada.

Além de integrar as suas preferências pessoais, também é possível clicar em um dos pontos de interesse – como um restaurante – e ver o interior direto no Maps (onde estiver disponível):

google-io-maps 2

Os primeiros convites para o novo Maps estão sendo distribuídos agora: visite este link e peça o convite, que deve chegar a partir de amanhã.