Seja você motorista ou passageiro, o Google Maps trouxe algumas novidades bem interessantes em sua nova atualização. O aplicativo ganhou previsões melhores de tempo em congestionamentos, opções de caminhos com vários meios de transporte, acompanhamento de ônibus e linhas de metrô e trem em tempo real e integração com players de música. Sim, é bastante coisa. Vamos falar de cada uma delas com mais calma.

• Google Maps irá te avisar a hora de descer do ônibus
• Agora dá para fazer um rolê pela Disney no Google Street View

A primeira novidade é para os motoristas. O Maps agora tem uma aba “Commute” que traz previsões de trânsito para seu trajeto diário entre sua casa e o trabalho e vice-versa. Ele traz informações sobre congestionamentos e acidentes, tempos estimados de chegada baseado no histórico de trânsito e sugestões de caminhos alternativos.

Os motoristas também ganharam integração com players de música. Agora, é possível escolher a trilha sonora diretamente do Maps, sem precisar alternar entre apps. A novidade funciona com Spotify, Google Play Music e Apple Music.

Também tem novidade para quem anda de ônibus, trem ou metrô. Agora, é possível acompanhar onde está o ônibus e se o metrô está com algum problema de circulação, como intervalos maiores ou velocidade reduzida. Segundo a assessoria do Google no Brasil, o recurso estará disponível inicialmente nas seguintes cidades: Apucarana, Itabuna, Belo Horizonte, Rio De Janeiro, Curitiba, Caxias do Sul, Santa Cruz do Sul, São Paulo.

São Paulo e Rio de Janeiro também vão poder contar com instruções de trajeto multimodais, isto é, com vários meios de transporte. Até agora, só era possível optar por trajetos feitos unicamente com transporte público ou com carro. Com a novidade, os usuários vão poder combinar os dois, o que é bastante útil para quem costuma dirigir ou pegar carona até uma estação de metrô, por exemplo.

A atualização começou a ser distribuída para Android e iOS hoje — por aqui, ela ainda não apareceu na Play Store —  e deve chegar a todos os dispositivos nas próximas semanas.

[Google]

Imagem do topo: Getty. Demais imagens: Google.