Chega de ficar insistindo em algo que claramente não vai acontecer. Uma nova atualização do Google Meet vai expulsar usuários de reuniões vazias depois de 7 minutos.

A plataforma explicou que não será uma expulsão sem aviso, pelo contrário. Caso o usuário entre em uma reunião e, após cinco minutos, ele seja o único presente, uma notificação vai perguntar se ele ainda está lá e se deseja continuar esperando — ou sair da chamada.

Os usuários terão até dois minutos para se pronunciar. Caso não respondam, serão expulsos após os dois minutos. Ou seja: você terá, ao todo, sete minutos para decidir.

“Esperamos que esse recurso ajude a evitar situações em que seu áudio ou vídeo seja compartilhado involuntariamente”, disse o Google.

Além do Google Meet, outras plataformas de chamadas de áudio e vídeo também já tem ferramentas semelhantes, como o Discord e o Zoom, que também implementaram recursos com limite de tempo para reuniões ociosas.

Desative quando quiser

Apesar de o recurso ser ativado por padrão após a atualização, você pode desativá-lo caso não ache necessário viver sob a pressão de ser eliminado da sua própria reunião. Basta ir em “Geral”, depois em “Configurações” e desativar a função.

Segundo a empresa, a atualização será feita gradualmente, começando em 11 de abril. Até 3 de maio, deve valer para todos os usuários de desktop e iOS.

A ferramenta ainda não será lançada para Android. Mas, de acordo com o Google, o recurso “chegará em breve”, também para esses usuários.

E por falar em Google Meet, você sabe como transformá-lo em segunda tela durante uma reunião? Clique aqui e confira.