Santa rede social, Batman! Uma estimativa de Paul Allen, fundador do site Ancestry.com, sugere que o Google+ pode chegar à marca dos 10 milhões de usuários nas próximas 24 horas. Se o Google deixar mais pessoas entrarem, este número poderia subir para 20 milhões até o fim de semana.

Allen (não é o co-fundador da Microsoft!) usou um modelo matemático baseado em sobrenomes para calcular este número de membros. É possível confiar em sobrenomes porque o Google exige que cada perfil tenha o nome real da pessoa, e corresponda a apenas uma pessoa – perfis com apelidos ou que representem casais, grupos ou empresas estão sujeitos a suspensão ou exclusão.

Allen usa este modelo desde que entrou no Google+, e diz ser bastante preciso. Segundo os cálculos dele, eram 1,7 milhão de membros em 4 de julho; em 9 de julho já eram 4,5 milhões. O Google ainda não divulgou estatísticas oficiais do Google+. [Paul Allen]