O Google oferece o Google Voice (GV), um serviço para realizar chamadas gratuitas entre computadores, além de enviar SMS sem pagar nada e fazer ligações internacionais a custo baixo. Isso lembra bastante o Skype, mas tem algo a mais: até o final do ano, quem usa o serviço pode ligar para fixo e celular na América do Norte sem pagar um centavo, e o serviço é integrado ao Gmail, além de contar com truques – como transcrição automática de mensagens de voz. Tudo isso é de graça, mas não seria ótimo se estivesse integrado aos celulares? Boa notícia!

Quem usa o Google Voice já pode acessá-lo de smartphones faz tempo (veja a lista completa aqui), mas você precisa usar um app ou o site do GV, e recebe outro número para usar todas as funções do serviço (se você mantiver o número, não pode usar algumas funções).

Agora, a operadora Sprint fez um acordo com o Google, pelo qual todos os clientes poderão transformar seu número de celular em um número do Google Voice. Você não precisa usar app nem nada, e pode acessar todas as funções do GV sem receber outro número. Com ele, você pode fazer os truques impressionantes do Google Voice, como gravar ligações e acessá-las pelo Gmail, bloquear chamadas e usar o redirecionamento inteligente de chamadas, entre outros, tudo de graça.

Ou seja, quem tem celular da Sprint (com plano de dados) pode usar o Google Voice para fazer ligações do celular ou do computador. E, se fizer no computador, não paga nada (só ligações internacionais). Pena que o Google Voice é oferecido só nos EUA. O Skype, no entanto, está disponível no mundo todo, filando a receita das empresas de telefonia até mesmo no Brasil. E dá pra usar o Skype no computador e em smartphones. Será que poderíamos ter um acordo semelhante aqui no Brasil?

Já tentei usar o Skype como serviço de voz no smartphone, mas não deu muito certo, principalmente pela qualidade da internet móvel no Brasil. Usar o Skype via Wi-Fi é passável, mas via 3G é uma dor de cabeça. Imagino que o mesmo valeria para o Google Voice se ele estivesse disponível no Brasil: usar o serviço no celular não seria satisfatório pela qualidade da rede.

A novidade no GV é que o Google firmou um acordo direto com a operadora. Ou seja, para fazer ligações os clientes usarão o serviço de voz da operadora – em vez de usar o plano de dados – mas poderão fazer ligações pelo computador usando o mesmo número, pagando nada ou muito pouco. De certa forma, seria eliminada uma barreira entre computador e celular: você pode telefonar do seu laptop, e receber no Gmail as mensagens de texto enviadas para seu celular.

As grandes operadoras de celular por aqui provavelmente torceriam o nariz para um acordo com o Skype, já que não querem perder receita vinda de ligações DDD e DDI. Mas o acordo entre Sprint e Google mostra que o sonho de unir ainda mais seu celular a seu computador (e à nuvem) pode, sim, virar realidade. [Sprint via Gizmodo US]