Após fechar 3 dos principais sites de pôquer dos mundo com a acusação de lavagem de dinheiro e fraudes bancárias, o Departamento de Justiça dos EUA aceitou liberar dois dos três portais envolvidos — PokerStars e Full Tilt Poker — para que seus usuários internacionais possam recuperar o dinheiro investido. Bom sinal para os jogadores brasileiros.

O retorno dos sites foi feito em conjunto com as autoridades americanas para “facilitar o retorno de fundo aos jogadores”, e ainda libera jogadores de fora dos EUA — nós inclusos — a retornar a jogatina. Os americanos ainda não poderão apostar dinheiro vivo nos sites, mas fica claro que o governo não irá interferir nas relações internacionais, um dos principais temores dos jogadores brasileiros.

Segundo a procuradoria de Nova York, o acordo também se estende ao site terceiro site retirado do ar, o Absolute Poker, que deve voltar a funcionar em breve. Enquanto isso, assim que voltou ao ar, o site Poker Star publicou uma nota (acima) negando todas as acusações e confirmando que todos os depósitos estão seguros em contas pelo mundo. Apesar do acordo, o governo americano ainda espera reaver U$3 bilhões supostamente lavados pelo site. [Terra e MaisEV]