Pokerstars.com, Full Tilt Poker ou Absolute Poker. Mesmo que você não goste de pôquer, já deve ter visto pelo menos a publicidade de alguns desses sites, os maiores gigantes da jogatina online, ao menos pelos jogadores que conheço. Desde ontem, quem tentava acessar algum deles se deparou com esta imagem do FBI. Onze executivos ligados aos sites estão sendo acusados de lavagem de dinheiro fraude bancária e diversos outros crimes.

A notícia pegou a comunidade de jogadores de surpresa, mas sempre se temeu que algo assim acontecesse desde que os EUA implementaram legislações mais duras com a jogatina online em 2010. Ainda não se tem detalhes das acusações, mas a justiça americana espera reaver US$ 3 bilhões dos sites, e duas pessoas já foram presas. Representantes do pokerstars.com alertaram aos jogadores de fora dos EUA que poderiam usar o pokerstars.eu, e que o saldo (a grana conquistada nas partidas online) estaria a salvo. Mas já há vários relatos de pessoas que tentaram retirar o dinheiro e não conseguiram.

Muita coisa pode acontecer ainda e não sabemos quão caótica é a situação para os jogadores brasileiros. Segundo o Ibope, são mais de 800 mil pessoas no Brasil que apostam dinheiro em alguns desses sites – é muita gente que pode ter sido afetada. Há a suspeita que um homem previamente acusado de lavagem de dinheiro teria delatado à justiça sobre a ilegalidade das transações bancárias dos dos gigantes da jogatina. Os sites brasileiros dedicados ao pôquer estão fazendo a cobertura à medida que novas informações aparecem. Veja no MaisEV e Maisapostas. [Obrigado a todos que mandaram a dica]