Você provavelmente já ouviu sobre as disputas intensas entre os Estados Unidos e a China em relação a tarifas. O governo norte-americano tem sido inconsistente, até agora, no que diz respeito aos efeitos que uma guerra comercial poderia ter na população, e o mercado de ações – que ama consistência –  foi impactado pelos rumores e especulações. No entanto, pelo menos uma coisa está clara, os celulares da Apple vão ficar mais caros.

Katy Huberty, analista da Morgan Stanley, escreveu uma nota na sexta-feira (10) afirmando que um aumento de tarifas poderia “resultar em ramificações consideráveis na cadeia de fornecimento da Apple”.

Isso pode parecer inesperado se você lembrar da declaração feita por Tim Cook no ano passado. O CEO da Apple afirmou, publicamente, ser contra qualquer tipo de guerra comercial com a China, mas ressaltou em uma entrevista ao Good Morning America que achou que a administração de Trump reconheceria que tarifas sobre produtos como celulares não seria “benéfico para os Estados Unidos”.

Infelizmente, a Apple pode não estar segura a longo prazo. A administração de Trump está cada vez mais propensa a aplicar taxas ao restante dos produtos que os Estados Unidos importa da China. Caso prossigam com essas cobranças, levando as coisas ao extremo, então, segundo o The Street¸ Huberty acredita que isso significará ramificações na Apple. “Um imposto de 25% nos US$ 267 bilhões em produtos exportados pela China para os Estados Unidos causaria consideráveis ramificações na cadeia de fornecimento da Apple”, escreveu Huberty. E quem pagaria por isso?

Se a resposta for os consumidores, isso significa que um celular de US$ 1 mil poderia custar US$ 1.160. Considerando que os preços elevados dos celulares da Apple resultaram em uma queda nas vendas nos últimos dois anos, a Apple pode ficar relutante em aumentar os preços novamente. Em vez disso, ela poderia absorver os custos de importação – algo que a empresa, com bilhões em seu baú de guerra, pode certamente bancar.

Mas isso significaria uma queda na receita, que também poderia causar uma queda nos preços das ações. De acordo com o Street, isso “reduziria em cerca de 23%, ou US$ 3, em 2020 do lucro por ação, estimado em US$ 12,67”. Então, se você planeja comprar ações da Apple ou um celular…talvez seja melhor esperar para ver como essas tarifas vão afetar o mercado.