A sua banda de rock favorita com certeza já destruiu alguma guitarra durante uma apresentação. Agora, para mostrar habilidade na produção de peças impressas em 3D, uma empresa sueca diz ter feito uma guitarra que é impossível de destruir.

A Sandvik é especializada em usinagem de metais e tecnologia de materiais. Ela nunca produziu uma guitarra. Aí, para mostrar que eles conseguiam fazer uma versão indestrutível de uma guitarra, eles tentaram juntar conhecimento de diferentes áreas da companhia.

“Precisávamos projetar uma guitarra com um bom som e que fosse inquebrável, não importando as diferentes formas de se quebrar uma guitarra”, disse Henrik Loikkanen, desenvolvedor do processo de usinagem da Sandvik, em um comunicado à imprensa. “O desafio de engenharia era a junção crítica entre o braço e o corpo que, geralmente, quebra.”

Para evitar o dano nesta junção, eles desenvolveram uma peça inteiriça, criada a partir de barras sólidas de aço inoxidável recicladas. Nessa guitarra que eles criaram, o braço é conectado ao corpo por meio de um “cubo retangular”, usado para se conectar à estrutura do corpo.

Roqueiro Yngwie Malmstee mostra braço da guitarra indestrutível da SandvikRoqueiro Yngwie Malmsteen mostra braço com o hub, na ponta, que ajuda a conectar a estrutura ao corpo do instrumento. Crédito: Sandvik

As outras partes do instrumento foram produzidas com impressora 3D — mais especificamente, com várias camadas de titânio em pó, o que ajuda a conferir leveza e resistência ao corpo da guitarra. Além disso, botões de volume e o arremate da fixação de cordas também foi impresso.

Tecniquês à parte, o fato é que tem um vídeo em que o roqueiro sueco Yngwie Malmsteen (se você manja de heavy metal, talvez já tenha ouvido falar) coloca a guitarra à prova. E, olha, em vez de ser destruída, a guitarra acaba danificando quase tudo que ela encontra: da estrutura de madeira do palco a caixas de som.

A guitarra feita pela Sandvik só existe pois a empresa, que atua diretamente com a indústria, queria mostrar o que é capaz de fazer na área de engenharia de materiais, impressão 3D e usinagem. No entanto, eles disseram que têm planos de vender alguma unidade por meio de um leilão.

Voltando ao vídeo, é legal que o guitarrista parece ficar levemente puto por não conseguir quebrar a guitarra. Talvez essa guitarra se transforme em um passatempo legal para roqueiros nervosos. Após uns 15 minutos tentando destruí-la, se você não desistir, talvez a raiva passe, pois o prejuízo causado fará você ficar prontamente preocupado com o estrago físico do que está em sua volta.

Se você quiser ir a fundo sobre os detalhes de produção da guitarra, a empresa tem um vídeo com legendas em português detalhando o processo.

(O título desse texto é uma homenagem às clássicas resenhas de discos de heavy metal da revista Rock Brigade.)

[Sandvik via Digital Trends]