Não importa em que aparelho você esteja lendo esta notícia, ele sem dúvida é muito mais poderoso do que o IBM 5150 PC, com 4.77 Mhz. Mas, 30 anos atrás, essa máquina era tão poderosa que definiu o significado de PC para todo o mundo.

Em 1981, o computador de mesa era basicamente relegado ao mundo dos negócios. Mas o formato foi crescendo — um mar de empresas concorrentes e com ideias diferentes surgiam com caixas enormes e monitores gigantes. Você não deve ter ouvido falar da maioria dessas empresas, já que o IBM 5150 destruiu todos em muito pouco tempo após seu lançamento. Ele custava US$1.565 — um preço bem aceitável para a época — e tinha opção de drive de disquete, além de uma interface de texto simples e vendidas em grandes lojas.

A expansão do 5150 e a derrocada dos competidores estabeleceu a IBM como a empresa de computadores pessoais do mundo. Os rivais criaram suas próprias versões — clones — mas todas eram baseadas na engenharia da IBM, e “compatibilidade IBM” virou uma frase padrão na época, como hoje temos o “compatível com iPod”.

Hoje, a IBM não fabrica mais computadores comerciais. Mas o crescimento do PC — e o próprio fato do termo se tornar algo genérico — começou com o domínio do 5150. Se a nostalgia invadir sua mente, confira este artigo da PC World em que o repórter encara o trabalho de usar atualmente um 5150.