Estávamos esperando isso há um tempão, e agora chegou: o Apple Remote 2.0 está disponível na App Store. E, cara, é uma be-LÊ-za no iPad.

A nova versão está otimizada para a Retina Display do iPhone 4 e iPod Touch, assim como para a telona do iPad, com a sua própria interface. Ela também oferece suporte a bibliotecas compartilhadas a à nova Apple TV (com a qual eu não consegui testar, porque ainda não tenho a minha, mas imagino que funcione tão bem quanto com o iTunes).

Hands-on

O Apple Remote é um dos meus apps favoritos do iOS. Simples e fácil de usar, ele faz o que diz que faz: acessar e controlar remotamente as músicas e vídeos nas suas bibliotecas de mídia. Mas ele não funcionava nativamente no iPad — apenas naquele estado estouradão de pixels que o iPad usa para rodar aplicativos dos seus irmão menores — e não tinha gráficos em alta definição otimizados para a Retina Display. Ele precisava muito de atualização, e aqui está ela.

No iPad
A nova versão funciona lindamente no iPad, onde é muito parecida com o aplicativo nativo do iPod, incluindo a capacidade de criar playlists (normais e do Genius) remotamente. Quando você faz isso e fica olhando para o desktop, dá para ver a interface mudando automagicamente, segundo as suas modificações.

 

 

 

Minha única reclamação é que não dá para arrastar e soltar músicas em playlists sempre que eu quiser, assim como também não dá para fazer na aplicação nativa do iPod. Eu não consigo entender o motivo da Apple não habilitar isso, permitindo que você adicione coisas naturalmente às suas playlists enquanto explora as músicas, em vez de fazer você entrar no modo Edit, e depois nos menus de artistas e músicas.

No iPhone
A interface da versão para iPhone foi revisada também, mostrando a opção Genius Mix na primeira aba, mas a principal mudança é mesmo a atualização dos gráficos para ficarem bonitos na Retina Display. Fora isso, tudo parece bem similar à versão anterior. O que não é ruim, afinal, por que mudar demais o que já funciona muito bem?

 

 

 

O novo Apple Remote 2.0 funciona sem falhas e é bonito. Se você tem um iPad, é como usar uma versão rápida e leve do iTunes na tela de toque, mas ouvindo o som sair de onde você geralmente ouve música com o iTunes "normal". No iPhone, funciona como sempre, só que mais bonito.

Demorou pra baixar. Continua grátis. [iTunes Store]